Originalmente em 21/06/10 às 00:10

Bem que dizem que pessoas não são boas ou ruins, certas ou erradas. São apenas interessantes ou entediantes. Algumas vezes, talvez muitas, passo tempo demais com as interessantes, fazendo coisas que podem ser consideradas, numa visão geral, como inúteis. Me pergunto se todo este tempo gasto em nada produtivo de fato é somente um grande desperdício ou se, na verdade, é  o melhor e mais bem gasto possível. Como poderia tanta estupidez consumir tão precioso tempo, que parece ser tão bem aproveitado? Não consigo imaginar uma resposta decente, mas acho que a questão final é que não importa muito o que você esteja fazendo, desde que esteja com as pessoas certas. É isso que procuro fazer, independente de qualquer coisa. Gastar tempo ao lado de pessoas com quem você se importa não é – não pode ser – um total desperdício.