Sua vida não é a novela,
Seu problema tem fácil solução,
Se não há porta, use a janela
Chega de tanta enrolação.

Porque a vida é de fato bem frugal
E a decepção quase sempre inevitável
O sofrimento é, porém, opcional
E a felicidade totalmente alcançável.

Então, se quer sofrer a escolha é sua,
Não importa qual seja a situação,
Se é um pobre rico ou morador de rua,
A felicidade está sempre em suas mãos.

Pois que ela só depende do espírito,
Da paz interior à criatura,
Do seu caráter e do seu mérito,
Da sua história e da sua cultura.

E mesmo que seu corpo não tenha alimento,
Que te falte até mesmo a dignidade,
Se tua alma tem paz e tem sustento,
Então ainda lhe resta coragem.

Pois que paz de espírito é constante e permanente festa
É o sentimento da própria vida crua
E se pensa em desistir por ser só isso o que lhe resta,
Lamento informar que a vida continua.

Anúncios