A janela semiaberta
E um feixe de luz
Feito nova descoberta
No quarto reluz

Desfazendo a escuridão
Mas sem incomodar
A sensível visão
De quem acaba de acordar.

Os olhos entreabertos
E o feixe de luz
Que no momento certo
Num quarto reluz

Acordando o coração
Pronto pra mostrar
Que um dia de verão
Acaba de chegar.

É a meia luz mensageira
De uma vida passageira,
Que como amiga te diz:

– Ei, levanta e aproveita!
A manhã está perfeita!
Acorda e sê feliz!

Anúncios