Apita o Juíz,
O jogo começou.
Esse povo infeliz
Só pensa no gol.

De novo apitou,
O jogo acabado.
Nem perdeu, nem ganhou,
Tudo empatado…

E a vida não mudou,
Quadro estacionado.

O problema está no esquema,
No esquecer do lema
Escrito no emblema
Da nossa bandeira,
Bandeira Nacional
De um povo real
Da hipocrisia banal.
Acomodado,
Acostumado
Com o empate,
Com o embate,
Como cão que late.

Mas cuidado
Que ele também morde
Se desacreditado…
E aí – só aí – talvez acorde.