Acásicos

Um

Crianças brincam nas fogueiras de São João no agreste,
Turistas atravessam as pontes do Danúbio em Budapeste.
A Bahia se prepara para a lavagem do Senhor de Bonfim,
A Petrópolis Gaúcha cada ano leva mais gente ao seu Jardim.

No topo dos indíces mundias, se mantêm as tradições indianas,
Mas o mesmo não se diz da decadente cultura vaticana.
No Brasil há sobras dos índios extintos de forma cruel,
Continuam constantes as mortes e ataques em Israel.

Irônico, o acaso acode uns enquanto sofre outros.
Qual será o crítério desse jogo?

Dois

Em quarenta e cinco, é derrotada grande nação do nazismo,
Ainda hoje existem raças separadas por abismos.

Até oitenta e cinco, fez-se forte no Brasil a poderosa ditadura,
Agora, no país liberto, ainda vemos o uso da censura.

Pensava-se, no passado, que a natureza era nossa e infinita,
Talvez tarde demais, vemos que suas riquezas nos eram ilícitas.

Antes, o trabalho enobrecia a alma e a concedia dignidade,
Hoje é só mais uma causa do stress e da agressividade.

Cruel, o tempo prevalece a inquidade enquanto acaba a idoneidade.
Que motivo teria para essa impiedade?

Tempo e Destino
Prece

Superiores Falanges Da Luz Azul
Repletas de seres vestidos de Paz
Que nos céus às pontas da Cruz do Sul
Derramem a Terra uma benção lilás!

Legiões de Forças Regentes Naturais
Que pastor nos é e lhe somos rebanho
Que nada permite nos faltar jamais
Emanem da terra seus raios castanhos!

Sublimes Plêiades Das Águas Claras
Infladas pelo sopro do divino movimento
Que transforma indivíduos e suas searas
Transbordem das ondas seu verde intento!

Elevados Conjuntos Dos Impulsos Astrais
Detentores de grandes verdades e mistérios
Que nos intriga e inspira com prateados sinais
Revelem da escuridão seus perfeitos critérios!

( Amém! )

Anúncios