Ontem, uma viagem me servia
Pelo menos como forma de inspiração
Agora, nem mesmo uma das longas
Que me aproxima da beleza da Criação
Consegue me fazer expressar
Tudo o que diz meu coração.

Eu tentei por tempo demais
Jamais
forçar a poesia,
fingir alegria,
esquecer a sintonia.

Mas hoje eu abri uma exceção:
Gritei emoção, mesmo sem senti-la,
Chorei lágrimas de mentira,
Sorri magoado e com ira.

Hoje eu mudei de posição e
Fui feito dente de tubarão
Agarrado ao pescoço da vítima:

Outrora predador temido no imenso mar,
Agora boa-sorte em forma de colar.