Do vento que sopra leve,

Do dia que corre tumultuado,

Da vida que não cabe em livro.

De um sentimento verdadeiro,

Do gesto suave da pessoa amada,

Do sorriso sincero de um grande amigo.

Do céu claro ensolarado,

Das nuvens brancas de algodão,

Do frio aconchegante de fim de tarde.

De um evento simples cotidiano,

De um acontecimento importante,

Do dia mais feliz da sua vida.

Dos inúmeros problemas sociais,

Da luta diária de um povo sofrido,

Da diversidade notada pelo observador.

Das mais belas paisagens,

Espuma branca das ondas do mar

Refletindo o forte laranja do pôr-do-sol.

 

Da natureza, criação divina;

Da civilização, criação humana,

Da alma, expressão divina em forma humana.

Da vida, do tempo, da mente, do coração…

De que fonte bebes?

O que te inspira?